21/07/14

Sobra-me a dor, sobra-te a cor


Silene gallica L. var. giraldii



18 comentários:

  1. Belo, Fa! Interessantes como consegue fazer poesias até mesmo através de fotografias. Boa semana, amiga!

    ResponderEliminar
  2. Quanta saudade das tuas cores, Fa! Bjs

    ResponderEliminar
  3. Minha querida

    Por vezes em poucas palavras descreve-se a imensidão.
    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  4. Olá Fá, que momento poético tão lindo!
    Bjs
    Ailime

    ResponderEliminar
  5. Oh que linda fotografia.... Adorei! Os meus parabéns!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  6. fotos simples e bonitas.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  7. Excelente foto.
    O título do post é um achado.
    Bom fim de semana, amiga Fá.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  8. Uma imagem fantástica! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Uau, esta imagem é linda! Do fim resta sempre cor, num lado chorada, no outro esquecida. Já a dor nem sempre é sentida, mas quem a sente sente sozinho.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Quando menos... é sempre mais... e mais...
    Fantástico, como sempre!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  11. Muito bonito, então a imagem é fabulosa!
    Bj

    ResponderEliminar
  12. Uma flor delicada e Ana Moura a outra flor tem um voz sensual
    bjs

    ResponderEliminar
  13. Linda fotografia, bela flor e que sobrem cores e alegrias! beijos, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  14. Tudo em consonância! Flor/ rosa /dor/ cor.

    E Ana Moura remata primorosamente!

    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  15. Espantosamente belas! Felicito-te.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  16. Que linda foto!
    E Ana Moura é uma fadista e tanto.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  17. Que linda fotografia e lindo momento de poesia.
    Muito lindo amiga Fá.
    Obrigada por parabenizar meu filho.
    Te desejo uma boa semana, saúde e paz a vc e família.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. Bella flor, ten una buena semana

    ResponderEliminar

"um silêncio que subjaz a quaisquer escapes motorísticos e declamatórios. Um silêncio... Este impoluível silêncio em que escrevo e em que tu me lês." (Mário Quintana)

Poderá também gostar de