22/06/15

Como dois cristais




18 comentários:

  1. Simplesmente lindo como sempre!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  2. Belo, sim, Fa. Quem me dera ter a sua paciência e sensibilidade! Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  3. Muito belo,FA.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
  4. Delicada a borboleta na sua vida tão curta. Linda, frágil como um cristal. Ambos encantam!. Bela foto. Um beijinho e uma boa semana
    Emília

    ResponderEliminar
  5. ... cristais-asas que nos atiram para o mundo dos sonhos!
    Uma autêntica obra de arte, como sempre.
    Grato, muito mesmo!

    ResponderEliminar
  6. Imagem espectacular que a paciência conquistou. Belo prémio.
    Parabéns.




    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  7. Belo!
    Brisas doces ***

    ResponderEliminar
  8. Belíssimo! Que momento bem captado, adorei!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá, lindo momento fotografico a captar dois seres lindos e frágeis.
    AG

    ResponderEliminar
  10. Cada imagem, mais extraordinária do que a outra por aqui...
    Mais um momento magistralmente registado! Adorei!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  11. Que esmero de fotografia, adoro borboletas !

    O rapaz tem talentos mas contrariamente ao que se possa pensar é muito tímido e inseguro... enfim....

    Beijinho e obrigada pela apreciação.
    ( Não consegui abrir o vídeo) quando voltar cá...

    ResponderEliminar
  12. Que artístico ,duas borbeletas num só fotografia
    abraço

    ResponderEliminar
  13. Parabéns. As suas fotos deixam-me sempre maravilhada.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  14. Mais uma excelente foto.
    Um bom fim de semana, amiga Fá.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Parece uma pintura, mas é bem real.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  16. Bella mariposa te mando un beso

    ResponderEliminar
  17. Bom dia de domingo, querida amiga Fá!
    Lindíssima foto e os dizeres são um verdadeiro diamante.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Beijinhos carinhosos de paz e bem

    ResponderEliminar

"um silêncio que subjaz a quaisquer escapes motorísticos e declamatórios. Um silêncio... Este impoluível silêncio em que escrevo e em que tu me lês." (Mário Quintana)

Poderá também gostar de