18/06/17

O cansaço do corpo que adormece em cama fria



"O cansaço do corpo que adormece em cama fria" in:  Carlos do Carmo, No Teu Poema  🎼 🎶 ♫ ♪ ♩ 


17 comentários:

  1. Adorei a frase e a imagem, flores delicadas a servir de cama aos pequenos insectos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. É um gosto enorme ouvir o Carlos do Carmo cantar "No teu poema". Obrigada.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Depois de alguns dias de ausência, não posso retomar as atividades no blogue sem que exprimo o meu profundo pesar ao povo português pela calamidade dos incêndios que têm feito chorar o mundo e em particular Portugal.

    ResponderEliminar
  4. Uma grande voz, a do Carlos do Carmo.
    Boa semana, amiga Fá.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Uma imagem muito bem captada! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. uma grande voz
    uma grande foto!
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde, apreciar a bela foto ouvido ao mesmo tempo "No teu poema" na voz do Carlos do Carmo reparo que estão tudo em sintonia, a publicação é perfeita.
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  8. ...O poder das flores!...
    Há, neste Post, quase tudo; apenas falta o aroma.

    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  9. Atiendo a la recomendación que hace "Existe sempre um lugar" y acudo a conocer su blog. Me ha entusiasmado esa presencia de gaviotas que a las que siempre que me es posible, hago fotografías sin sentirme nunca cansada de tomarlas en vuelo o en tierra.

    Veo que sostiene una dedicación a la fotografía macro o, al menos, de lo más cerca posible. Es una fotografía de las que a mi me gustan pues recoge también formando parte de la vida de las flores, la presencia de los insectos. Ese es un aspecto que comparto. Si me lo permite, volveré a copiar el link de su blog a fin de no perderme lo que vaya publicando. Espero su autorización.

    En tal espera, le saluda muy cordial y afectuosamente. Franziska

    ResponderEliminar
  10. É tudo mesmo arte. O verso de Carlos do Carmo e a a beleza desta foto. Casamento perfeito.
    Abraços,

    ResponderEliminar
  11. Uma excelente música para ilustrar uma bonita imagem.
    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Uma imagem fabulosa, que adorei apreciar ao som da belíssima voz de Carlos do Carmo!
    Uma cama fria... mas tão acolhedora... na beleza das flores... onde adormecem os seus hóspedes de asas...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  13. LINDO DEMAIS!ADOREI! BJS PRAIANOS,CHICA

    ResponderEliminar
  14. Foi um prazer voltar a ouvir Carlos do Carmo...
    Parabéns pela foto, está belíssima e o 'post' delicioso.
    Dias poéticos, querida Amiga.
    Beijinho
    ~~~~

    ResponderEliminar
  15. Belíssimo, Fa... realmente belíssimo! Obrigado, amiga; meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  16. No teu poema de Carlos do Carmo, para mim, um dos melhores poemas, cantado por outros artistas e não é para menos, sempre graciosamente e grandiosamente interpretado, bem acompanhado visualmente pelas flores de cores fortes e belas!
    A frase destacada, também ela, forte!
    Beijinhos
    Dias azuis.

    ResponderEliminar

"um silêncio que subjaz a quaisquer escapes motorísticos e declamatórios. Um silêncio... Este impoluível silêncio em que escrevo e em que tu me lês." (Mário Quintana)