14/04/18

Que sempre há terra que colha um ribeiro a despertar


Ranúnculo-aquático (Ranunculus peltatus)


"Que sempre há terra que colha um ribeiro a despertar" in: Luiz Goes, É preciso acreditar  🎼 🎶 ♫ ♪ ♩

18 comentários:

  1. Oi, Fá. Linda foto e linda música! E como ela diz, "é preciso acreditar". ;)

    Bom fim de semana!

    beijos!!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Excelente publicação. :))

    Hoje:- Sou a flor que renasce na primavera.
    -
    Bjos
    Votos de um Óptimo Sábado

    ResponderEliminar
  3. Uma foto muito bonita. Tanta quanto a sua súplica.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  4. Passando a fim de conferir mais uma excelente publicação.
    .
    *Mulher; Flores e Borboletas, em sintonia poética (Poetizando) *
    .
    Votos de um dia feliz.

    ResponderEliminar
  5. Gosto da composição e respectivo conteúdo desta foto.

    Parabéns e votos de excelente resto de Domingo

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Perfeita a harmonia da imagem com o tema de Luiz Goes.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  7. Também gosto muito da canção de Luís Goes...
    O 'post' está muito agradável e bem conseguido.
    Beijo, Fá
    ~~~
    Deixei um recadinho no meu blogue, em resposta
    ao teu comentário

    ResponderEliminar
  8. Veja a candura da flor
    Vinda da água não pura!
    Quem a beleza procura
    Acha naquilo que for

    A si de algum valor
    Estético. Seja a figura,
    Seja beleza obscura,
    Ou seja do peito o amor

    Pela vida como vida
    Com a sua parecida
    Que um dia há de morrer.

    O ser sempre em sua lida
    Busca a beleza contida
    No é transitório ao ser.

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
  9. Não conhecia o artista e que bela voz! "Que sempre há terra que colha um ribeiro a despertar"! Não podia estar mais em consonância com o que acabo de ver e ouvir!

    Beijinhos amiga e boa semana.

    ResponderEliminar
  10. Há quanto tempo não ouvia Luiz Goes! É do tempo em que a boa música era acompanhada de belos poemas... Foi magnífico!
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde, sempre há terra para abraçar a agua que corre,
    "É preciso acreditar,
    Que esta chuva que nos molha
    é um bem para se guardar
    que há sempre terra que colha
    um ribeiro a despertar
    para um pão por despertar"

    É mesmo!
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde Fá,
    Tão bela a foto e como foi bom recordar Luís Goes.
    Aproveito para dizer que adorei o seu Blogue em Fá Sustenido.
    Poesia plena!
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderEliminar
  13. Perfeito, frase e a imagem.
    Gostei muito da canção!
    Uma excelente semana cheia de coisas boas.
    Um beijo!
    Escrevinhados da Vida

    ResponderEliminar
  14. Que imagem mais bonita e inspiradora =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  15. Fotografia que me faz curioso, não conheço esta flor aquatíco ,muito prcular .
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Um olhar fantástico, com este reflexo da água, acrescentando magia e encanto!...
    Belíssima imagem, Fá! Mais uma... :-))
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  17. Não sei onde encontras as músicas e as frases, Fa... mas como se harmonizam com as tuas belas fotos! Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderEliminar
  18. Gostei da foto, é belíssima.
    E também gostei da tua sugestão musical.
    Continuação de boa semana, querida amiga Fá.
    Beijo.

    ResponderEliminar

"um silêncio que subjaz a quaisquer escapes motorísticos e declamatórios. Um silêncio... Este impoluível silêncio em que escrevo e em que tu me lês." (Mário Quintana)

Poderá também gostar de